Bloggers voltam a juntar-se no Restaurante Tendinha (Jun/2017)

No passado dia 30/06/2017 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar mais um Jantar de grandes vinhos, onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho.

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os Bloggers :
– Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
– Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
– Carlos e Vitor Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
– Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage)
– João Pedro Carvalho (Blog Copo de 3)
– Miguel Pereira (Blog Pingamor) e Arnaud Stevenot, Pedro Sovela e um curioso Pedro.

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.

Vinhos degustados durante o Jantar:

Murganheira Czar Grand Cuvée Rosé 2008 (Espumante)

Região: DOC Távora Varosa
Castas: Pinot Noir
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial do Varosa, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Orlando Lourenço
Nota de Prova: Cor rosada de tonalidade salmão, o nariz sugere frescos e finos aromas de fruta vermelha, nomeadamente framboesas e cerejas, acompanhadas por delicadas notas torradas e de biscoito, que conferem uma agradável complexidade ao conjunto, na boca é um vinho fino, cremoso e harmonioso, com um volume considerável e uma bolha fina, no paladar volta a revelar-se frutado e muito elegante, com o final de boca a terminar com um comprimento médio e uma persistência bem vincada.
Classificação Pessoal: 16.5

Soalheiro Nature Pur Terroir Alvarinho 2016 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela intensa e um nariz amplamente dominado pelos aromas cítricos e minerais, num fundo subtilmente fumado e que faz lembrar delicadas sugestões de frutos secos, na boca é um vinho seco, com uma acidez média e uma textura ligeiramente amarga, no paladar volta a revelar-se citrino, ligeiramente frutado e apoiado por breves notas florais, o final de boca é seco e termina com um comprimento de expressão média.
Classificação Pessoal: 15.5

Redoma Reserva 2005 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Rabigato, Códega do Larinho, Viosinho, Arinto e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Nota de Prova: Cor amarela de tonalidade dourada, o nariz sugere aromas fumados, especiados e de frutos secos, envolvidos por breves nuances de fruta madura e citrinos também muito maduros, na boca revela-se um vinho estruturado e volumoso, com alguma evolução mas com uma acidez muito interessante, no paladar sobressai a barrica e a fruta, acompanhadas por breves nuances minerais, o final de boca termina com um comprimento prolongado.
Classificação Pessoal: 17

Covela Escolha 2005 (Branco)

Região: Regional Vinhos Verdes
Castas: Arinto, Chardonnay e outras
Produtor: Quinta de Covela Sociedade Agrícola S.A.
Álcool: 12%
Enólogo: Rui Cunha
Nota de Prova: Cor dourada e nariz tão complexo quanto evoluído, onde delicadas notas de frutos secos se envolvem com breves nuances de citrinos bem maduros, num fundo delicadamente frutado e mineral, na boca está um vinho interessante, harmonioso e muito redondo, já o paladar volta a evidenciar a sua forte mineralidade em conjunto com breves e evoluídas nuances citrinas e de fruta, o final de boca termina de uma forma bem agradável.
Classificação Pessoal: 16

Quinta do Cardo Vinha Lomedo Síria 2014 (Branco)

Região: DOC Beiras
Castas: Síria
Produtor: Quinta do Cardo – Companhia das Quintas
Álcool: 13%
Enólogo: Frederico Vilar Gomes e Luis Leocádio
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela intensa e um nariz fino, onde se destacam os aromas tostados e florais envolvidos por delicadas notas meladas e de frutos secos, num fundo mais especiado e mineral, na boca é um vinho elegante, com uma textura fina e uma acidez vibrante, no paladar realce para a harmonia existente entre a barrica e a fruta madura, num fundo mais mineral e até breves nuances de citrinos bem maduros, o final de boca termina de uma forma prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17

Quinta do Valdoeiro Chardonnay 2016 (Branco)

Região: DOC Bairrada
Castas: Chardonnay
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Álcool: 11.5%
Enólogo: João Soares
Nota de Prova: Cor amarela esverdeada e nariz dominado pela frescura da fruta e da sua componente limonada, num fundo levemente floral e até vegetal, na boca é um vinho equilibrado, ligeiramente seco e com uma acidez média, o paladar revela-se dominando pelas notas cítricas e frutadas, secundadas por delicados apontamentos vegetais, o final de boca termina algo seco e com um comprimento mediano.
Classificação Pessoal: 15

Redoma Reserva 2015 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Rabigato, Códega do Larinho, Viosinho, Arinto e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Nota de Prova: Cor amarela brilhante e nariz dominado por aromas cítricos e minerais, acompanhados pela fruta madura e por subtis mas elegantes nuances de barrica, na boca é um vinho fino, muito equilibrado e complexo, destacando-se a fineza da sua acidez e um volume intenso, no paladar é a fruta madura que sobressai, muito bem acompanhada pelas notas tostadas e abaunilhadas, além de breves notas especiadas, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 17

Junta Nacional do Vinho 1973 (Branco)

Região: DOC Bairrada
Castas: Várias
Produtor: Junta Nacional do Vinho
Álcool: -%
Enólogo:
Nota de Prova: De cor dourada bem carregada e nariz verdadeiramente evoluído, não revela já qualquer acidez e estrutura, no paladar está sem brilho e muito evoluído.
Classificação Pessoal: 0

Hugo Mendes Lisboa 2016 (Branco)

Região: DOC Lisboa
Castas: Fernão Pires e Arinto
Produtor: Hugo Mendes
Álcool: 11%
Enólogo: Hugo Mendes
Nota de Prova: Cor amarelo palha com laivos de tonalidade esverdeada, o nariz sugere frescos aromas citrinos e vegetais, apoiados por breves nuances frutadas e florais, na boca é um vinho delicado, fresco e com uma acidez equilibrada, já o paladar revela-se mais vegetal e floral do que frutado, terminando com um final de boca de comprimento curto/médio.
Classificação Pessoal: 15.5

Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2011 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas: Encruzado, Malvasia Fina e Cerceal
Produtor: Dão Sul – Sociedade Vitinícola, SA>
Álcool: 13%
Enólogo: Carlos Lucas
Nota de Prova: Cor amarela citrina brilhante e nariz rico em complexidade e elegância, onde os aromas minerais e citrinos se fundem com a tosta e a barrica, num fundo mais especiado e delicadamente frutado, na boca é um vinho fino, muito fresco e com uma volume e envolvência fantásticos, no paladar revela-se mais frutado e mineral do que citrino, com a tosta a revelar uma enorme subtileza e elegência, o final de boca termina de uma forma muito prolongada.
Classificação Pessoal: 17

Dom David Reserva Malbec 2015 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: Bodega El Esteco
Álcool: 14%
Enólogo: Alejandro Pepa
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz rico em aromas fumados e especiados agradavelmente envolvidos por aromas de fruta preta, além de delicados apontamentos minerais e de caixa de charutos, na boca é um vinho equilibrado, com um volume interessante e uma estrutura bem vincada, no paladar sobressai a fruta preta e as notas tostadas, além de breves nuances apimentadas, o final de boca termina com um comprimento relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16

Cem Reis Reserva Syrah 2015 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Herdade da Maroteira – Michael Brian Mollet
Álcool: 16%
Enólogo: António Maçanita
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi carregada no centro e uma auréola avioletada, o nariz revela aromas de fruta preta e breves nuances balsâmicas, num fundo mais especiado e onde a barrica revela-se dominante, na boca é um vinho com estrutura, taninos firmes e uma juventude bem presente, no paladar voltam a dominar os aromas de frutos pretos e notas especiadas, além de sugestivas nuances achocolatadas, o final de boca termina com um comprimento médio/longo e uma persistência média.
Classificação Pessoal: 16

Pelada 2003 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Vinhas Velhas e Tinta Roriz
Produtor: Álvaro Castro
Álcool: 13%
Enólogo: Álvaro Castro
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz muito fino e harmonioso, onde a sua evolução acrescentou elegância e fineza ao conjunto, os aromas de frutos vermelhos maduros combinam na perfeição com delicadas notas florais, de couro e também de alguma barrica, num fundo mais especiado e subtilmente abaunilhado, na boca é um vinho envolvente, com taninos sedosos, além de muito encorpado e com um volume notável, no paladar é a fruta madura que domina, estando muito bem secundada pela fineza da barrica, com o final de boca a terminar longo e com grande persistência.
Classificação Pessoal: 17.5

Pacheca Grande Reserva Touriga Nacional 2013 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Quinta da Pacheca, Sociedade Agrícola e Turística, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Maria Serpa Pimentel
Nota de Prova: Cor rubi avermelhada e nariz agradavelmente marcado por aromas florais envolvidos pela fruta vermelha e sugestivas notas da barrica, num fundo mais especiado e subtilmente mineral, na boca é um vinho equilibrado, com bom volume e um corpo cheio, já o paladar apresenta-se mais frutado e especiado do que tostado, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5

Colomé Lote Especial Tannat 2014 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Tannat
Produtor: Bodegas Colomé
Álcool: 14.5%
Enólogo: Randle Johnson e Thibaut Delmotte
Nota de Prova: Cor rubi de forte intensidade no centro e uma fina auréola de tonalidade violeta, o nariz sugere aromas de frutos vermelhos e pretos, nomeadamente cerejas, acompanhados por evidentes notas achocolatadas e minerais, num fundo mais especiado e abaunilhado, na boca é um vinho envolvente, com taninos redondos e um volume acima da média, no paladar destaca-se a fruta preta misturada com breves nuances vegetais e minerais, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16

Chiara Special Edition Malbec 2015 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor:
Álcool: 14.5%
Enólogo:
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e uma fina auréola de tonalidade violeta, no nariz destacam-se os aromas florais e de frutos vermelhos e do bosque maduros, agradavelmente integrados com sugestivas notas de barrica e uma ligeira sensação floral, num funfo subtilmente especiado e achocolatado, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e uma estrutura e complexidade bem interessantes, o paladar revela mais frutado e compotado do que tostado, terminando a fazer lembrar algum cacau e com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5

Quinta da Gaivosa 2003 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Sousão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Domingos Alves de Sousa
Álcool: 14.5%
Enólogo: Anselmo Mendes
Nota de Prova: Cor granada de forte intensidade no centro e uma auréola de tonalidade avermelhada, o nariz revela aromas de fruta vermelha madura envolvida por sugestivas notas minerais e vegetais, num fundo mais fumado, marcado por couro e até alguma resina, na boca é um vinho volumoso e encorpado, com uma elegância ímpar e uma evolução muito delicada, no paladar é um vinho cheio de fruta preta, notas de diversas especiarias e uma leve sensação vegetal, além de evidentes notas terrosas e minerais, o final de boca termina longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17

Navarro Correa Reserva Malbec 2014 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: Bodega Navarro Correas
Álcool: 14%
Enólogo: Fernando Ravera
Nota de Prova: Cor avermelhada intensa e nariz muito bem preenchido por aromas florais e de frutos do bosque misturados por sugestivas notas minerais e apimentadas, formando um conjunto agradavelmente harmonioso, na boca é um vinho envolvente, muito equilibrado e com um volume acima da média, no paladar é um vinho rico em fruta preta e vermelha maduras, além de breves notas tostadas e de pimenta preta, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5

Quinta do Valdoeiro 1995 (Tinto)

Região: Regional Beiras
Castas: Castelão
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Álcool: 12%
Enólogo: João Soares
Nota de Prova: Cor acastanhada devido à sua evidente evolução, revela um nariz já pouco falador, marcado pelo couro e por uma breve sensação de fruta em passa, na boca não melhora e a sua prova é claramente condicionada por isso, o final de boca é curto.
Classificação Pessoal: 8

Quinta do Noval LBV Unfiltered 2011 (Porto)

Região: Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Noval – Vinhos, S.A.
Álcool: 19.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e de grande concentração, o nariz sugere aromas de fruta preta madura, nomeadamente amoras e cerejas, envolvidas por sugestivas notas especiadas e achocolatadas, formando um conjunto muito elegante e ao mesmo tempo complexo, na boca é um vinho profundo, volumoso e com uma enorme frescura e estrututra, no paladar volta a evidenciar-se a fruta preta envolvida por delicadas notas de cacau e uma fina sensação terrosa e mineral, o final de boca termina de uma forma muito prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17

Taylors 325th Anniversary Tawny Reserve (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Taylor’s
Álcool: 20%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Cor rubi de grande intensidade e nariz fino, onde se destacam os aromas de frutos secos e fruta preta misturados com breves notas de especiarias e uma delicada sensação de café e até caramelo, na boca é um vinho envolvente, ligeiramente seco e com uma textura aveludada, no paladar realce para as notas especiadas e minerais, com a fruta negra bem presente, o final de boca termina de uma forma agradavelmente prolongada.
Classificação Pessoal: 16.5

Messias Velhíssimo Avô (Porto)

Região: Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Álcool: 20%
Enólogo:
Nota de Prova: Cor granada de intensidade média no centro e uma auréola de tonalidade acastanhada, no nariz evidenciam-se aromas terrosos e de couro envolvidos por breves notas de fruta em passa e uma delicada sensação mineral, na boca revela uma evolução evidente mas que não prejudica a complexidade e textura de um conjunto marcado pela subtileza, no paladar revela fruta em passa e delicados apontamentos de couro e madeira velha, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5



Source link